saúde em valença continua na UTI .

Durante sessão solene de abertura dos trabalhos da Câmara de Vereadores de Valença na tarde/noite desta terça-feira (08), o prefeito Ramiro Campelo (PR) disse que pacientes que precisarem de atendimento médico fora de Valença, não mais poderão ser atendidos em Santo Antônio de Jesus, Segundo Ramiro, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), mudou a regulação e Valença pertence agora às centrais de Jequié, Itabuna e Ilhéus. A vereadora Diana Farias denunciou que pacientes crônicos renais estão tendo que residir em Jequié, pois com a mudança da regulação, a distância impede o deslocamento diário como antes era feito para Santo Antônio de Jesus. “É inadmissível que nossos irmãos tenham de que deixar de trabalhar devido à imposição do governo do Estado em mudar os critérios de atendimento”, disse Diana. O vereador Raimundo Costa se mostrou revoltado com a situação, para ele, Valença está sem lideranças políticas capazes de interceder pelo município. “Os critérios adotados pelo Estado é meramente político, como é que se muda uma regulação penalizando os moradores (terão que viajar cerca de 200/300 km a mais para atendimento) e não temos um deputado que interceda para que isso não aconteça”? Questionou.
Diana Farias disse já ter agendado uma reunião com o secretário de Saúde do Estado Jorge Solla para rever essa situação.

Magno Jouber

Comentários fechados.

Notícias Relacionadas