Quase 4 mil servidores do Estado ficam sem salários por falta de recadastramento

Mais de 3,7 mil servidores ativos do Estado foram retirados da folha de pagamento de outubro porque foram convocados e não realizaram o recadastramento 2017, para atualizar os dados cadastrais. Ao todo, o Estado convocou 150 mil servidores da ativa. A Secretaria de Administração do Estado (Saeb) informou que os funcionários públicos que regularizarem seus cadastros, entregando os formulários preenchidos até o dia 6 de novembro, receberão os salários em folha complementar na segunda quinzena de novembro.

O recadastramento é uma exigência legal e tem objetivo de validar os locais e jornada de trabalho dos servidores ativos do poder executivo do Estado, além de atualizar informações cadastrais dos servidores, a fim de operacionalizar o sistema de recursos humanos. O recadastramento foi iniciado em 17 de julho deste ano e os servidores tiveram dois meses para atualizar seus cadastros eletronicamente, por intermédio do website www.portaldoservidor.ba.gov.br ou diretamente pelo site www.recadastramento2017.ba.gov.br. Para realizar o recadastramento, o servidor precisava apenas de alguns minutos.

A partir do dia 18 de setembro, para quem perdeu o prazo, o recadastramento passou a ser feito apenas presencialmente. Os formulários de recadastramento são encontrados nos sites www.portaldoservidor.ba.gov.br e www.recadastramento2017.ba.gov.br.

Fonte: Correio


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas