Procurador baiano leva advertência por dizer que Moro ‘gosta de aparecer’

Sérgio Moro (Foto: O Liberal)
Sérgio Moro (Foto: O Liberal)

 

O procurador de Justiça da Bahia Rômulo de Andrade Moreira foi advertido por ter dito, em uma entrevista a um programa de rádio, que o juiz Sergio Moro é “um sujeito, inclusive, midiático, que gosta muito de mídia, de aparecer”.

O Plenário do Conselho Nacional do Ministério Público abriu um processo administrativo disciplinar contra o procurador e, em sessão do CNMP, foi unânime a decisão de aplicar a penalidade.

O relator do caso, conselheiro Orlando Rochadel, entendeu que o procurador de Justiça deixou de zelar pelo prestígio de suas funções ao utilizar expressões inadequadas, praticando conduta inaceitável e incompatível com o exercício do cargo.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas