PORTARIAS DEFINEM DATAS QUE PROÍBE CAPTURA, TRANSPORTE, COMERCIALIZAÇÃO E BENEFICIAMENTO DO GUAIAMUM E O CARANGUEJO

PORTARIAS DEFINEM DATAS QUE PROÍBE CAPTURA, TRANSPORTE, COMERCIALIZAÇÃO E BENEFICIAMENTO DO GUAIAMUM E O CARANGUEJO

Duas portarias emitidas pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) restringe períodos e estabelece regras para captura do guaiamum (Cardisoma guanhumi) e o caranguejo (Brachyura), durante o período da andada. A Portaria 38, de 26 de julho proíbe a captura, transporte, comercialização e beneficiamento do guaiamum nos seguintes períodos durante o ano de 2019: de 07 a 13 de janeiro, de 23 a 29 de janeiro; de 06 a 12 de fevereiro e de 21 a 27 de fevereiro; de 06 a 14 de março e de 22 a 28 de março; de 07 a 13 de abril e de 21 a 27 de abril; de 08 a 12 de maio e de 20 a 26 de maio.
A Portaria 06, de 16 de janeiro de 2017 faz referências à proibição, também de captura, transporte, comercialização e beneficiamento do caranguejo Uça durante o período da andada. As datas pré-definidas pelo MMA são: de 06 a 11 de janeiro; de 22 a 27 de janeiro; de 05 a 10 de fevereiro; de 20 a 25 de fevereiro; de 07 a 12 de março e de 21 a 26 de março.
A andada é o período de reprodução das espécies quando saem de suas tocas para acasalar, ficando frágeis e de fácil captura.
A Secretaria do Meio ambiente de Valença está fazendo uma campanha educativa, inclusive nos pontos de vendas dos crustáceos, também em bares e restaurantes que comercializam as iguarias.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas