Deputado sai de casa de pijama pouco antes da chegada da Polícia Federal

As câmeras de segurança do prédio onde mora o deputado estadual Gilmar Fabris (PSD), preso há duas semanas na Operação Malebolge, flagraram o político saindo às pressas de casa, em Cuiabá, pouco antes da Polícia Federal (PF) chegar ao local. No dia 14 de setembro, os agentes cumpriam um mandado de busca e apreensão determinado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Após pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), autorizado pelo ministro do STF Luiz Fux, Fabris acabou sendo preso. Na solicitação, o órgão afirmava que o deputado soube da operação e por isso decidiu deixar o apartamento. Ele está preso no Centro de Custódia da Capital (CCC). O vídeo mostra o político e a esposa pegando o elevador às 5h34. De pijama e chinelos, ele carrega uma mala. O casal deixa o prédio de carro 20 minutos antes da chegada da PF. Quando questionados sobre as imagens, os advogados de defesa disseram que o deputado explicará em juízo. A Operação Malebolge investiga corrupção passiva, lavagem de dinheiro, sonegação de renda e organização criminosa por receberem “mensalinhos” para facilitar projetos e obras do governo do Mato Grosso. Além de Frabis, outros sete deputados do Estado foram alvo da operação. Os crimes foram denunciados pelo ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB). Este não é a primeira vez que o deputado é visto em situação comprometedora. Ele também apareceu reclamando do valor de uma suposta propina em imagens entregues à PGR por Barbosa.


Canoísta da seleção brasileira desaparece após sair para remar em SP

O canoísta Diego Bichir está desaparecido desde a última sexta-feira (28), quando saiu para remar no canal de Bertioga, no litoral paulista. O atleta, que faz parte da seleção brasileira de remo, estava se preparando para defender o país no campeonato sul-americano, no Peru, em novembro. De acordo com informações do G1, o remo e a canoa usadas por Bichir foram encontradas ainda na sexta. Neste domingo (1º), o O Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMAR) continua as buscas pelo atleta, com suporte do helicóptero Águia da Polícia Militar. A família do canoísta afirma que ele saiu para treinar sozinho no dia do desaparecimento. Seu último contato com conhecidos foi feito com a avó e um primo. “A família se apega a qualquer esperança. Estamos procurando em terra também porque ele era muito experiente no mar”, disse a prima, Adriane Bichir. (Noticias ao Minuto)

Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo são finalistas ao prêmio de melhor do mundo

Montagem: Divulgação / FIFA
Jogador mais caro da história, Neymar conseguiu entrar na lista dos finalistas ao prêmio de melhor jogador do mundo, que será eleito pela Fifa na próxima edição da premiação. O brasileiro que deixou o Barcelona para ser o protagonista principal do Paris Saint-Germain foi oficialmente confirmado como um dos três concorrentes à honraria ao lado de Lionel Messi, seu ex-companheiro de Barça, e Cristiano Ronaldo, astro maior do Real Madrid. Os nomes foram anunciados nesta sexta-feira (22) e o vencedor será conhecido numa festa de gala em outubro, em Londres. Neymar havia sido um dos finalistas de 2015, mas ficou fora do grupo de candidatos finais da premiação em 2016. Desde a edição do ano passado, a Fifa fez mudanças importantes na escolha dos vencedores. O acordo com a France Football terminou, o que significou que o termo “Bola de Ouro” como nome da premiação, tornado conhecido por meio da revista francesa, deixou de ser usado.
A entidade, conforme o Estado revelou com exclusividade em outubro, ainda abriu a votação para os torcedores, via internet. Mas o que não mudou foi a dupla de finalistas. Na última década, o troféu de melhor do mundo tem sido dominado por Messi e Cristiano Ronaldo. O argentino ganhou todas as edições da premiação entre 2009 e 2012, além de 2015. Já o português ficou com a honraria em 2008, 2013, 2014 e 2016. Para 2017, Cristiano Ronaldo é o favorito depois da conquista da Liga dos Campeões e de outros feitos com a camisa do Real Madrid. Agora, pode se igualar a Messi em troféus individuais desta premiação e passar a também ostentar os mesmos cinco possuídos pelo argentino. A novidade principal do anúncio da Fifa, porém, foi a presença de Neymar entre os três principais candidatos ao prêmio. Em 2015, ele havia conseguido atingir o pódio, acabando com um jejum de oito anos sem brasileiros entre os finalistas. E desta vez o brasileiro também espera contar não apenas com o voto dos demais jogadores, imprensa e treinadores, mas principalmente da torcida. Pelas novas regras da Fifa, o voto da torcida pela internet vai ter um peso de 25% na decisão final. A esperança do staff do jogador é de que a torcida brasileira e do PSG possam fazer a diferença. Neymar ainda pode entrar na lista dos 11 melhores do ano, o que a Fifa considera como a “seleção de 2017”. A Fifa ainda escolherá o gol mais bonito do ano. Mas, entre os dez candidatos, não há brasileiros entre os finalistas desta vez. Numa nova categoria, a entidade que controla o futebol mundial escolheu também uma lista de finalistas entre os goleiros. O prêmio ficará entre Gianluigi Buffon, Keylor Navas e Manuel Neuer.

Jaques Wagner pede a Fachin para não enviar inquérito a Sergio Moro

Foto: Clara Rellstab/bahia.ba
Foto: Clara Rellstab/bahia.ba

 

A defesa do ex-governador Jaques Wagner pediu ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), o “arquivamento imediato” das investigações relativas ao crime de organização criminosa.

O petista argumenta que só existe uma citação contra ele na delação premiada do dono da UTC Ricardo Pessôa, na qual o empresário fala que fez apenas doações legais sem relação com ilícitos.

A Procuradoria-Geral da República, quando apresentou a denúncia do chamado quadrilhão do PT, pediu que as apurações sobre Wagner fossem enviadas ao juiz federal Sergio Moro, da 13ª Vara em Curitiba – o ex-governador não consta entre os denunciados ao STF.


Mundo: Terremoto atinge a Cidade do México, derruba prédios e mata de 50

O fenômeno sacudiu edifícios e causou pânico,
levando as pessoas a correr para as ruas.
Um forte terremoto de 7,1 graus na escala Richter foi registrado nesta terça-feira, 19, no México apenas 12 dias depois de um tremor de 8,2 graus atingir a costa sul do México. O tremor deixou ao menos 61 mortos, 42 deles no Estado de Morelos. Ao menos 11 pessoas morreram no Estado de Puebla. O governador do Estado do México, Alfredo del Mazo, disse que as outras oito vítimas morreram na capital, mas havia pessoas presas em vários edifícios que desmoronaram. O governador acrescentou que seis crianças ficaram feridas em um desmoronamento no município de Ecatepec. De acordo com o governador de Morelos, Graco Ramírez, o maior número de vítimas foi registrado no município de Jojutla, onde 12 pessoas morreram. O fenômeno sacudiu edifícios e causou pânico, levando as pessoas a correr para as ruas. O tremor ocorreu no mesmo dia em que se completa 32 anos do terremoto de 8,1 graus que deixou ao menos 10 mil mortos na capital mexicana. No momento do terremoto, várias pessoas participavam justamente de um treinamento para aprender a lidar com sismos.

Filhos de Marcelo Rezende publicam charge do pai chegando ao céu em perfil do jornalista

Filhos de Marcelo Rezende publicam charge do pai chegando ao céu em perfil do jornalista

Para prestar as últimas homenagens nas redes sociais, os filhos de Marcelo Rezende publicaram uma charge que ilustra a chegada do jornalista ao céu. O material foi postado no perfil oficial do apresentador, com a legenda: “Os filhos lembrarão dele para sempre como um herói e agradecem os fãs e amigos por tanto amor”. Aos 65 anos, Marcelo Rezende lutava contra um câncer e foi enterrado, com muita comoção dos presentes, na tarde do domingo (17), em São Paulo. (por Bárbara Gomes – BN)


Lula nega propina e diz a Moro que Palocci mentiu

Segundo depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro
durou 2h10 (Foto: Reprodução)
Em depoimento na Justiça Federal de Curitiba nesta quarta-feira (13), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o ex-ministro de seu governo Antonio Palocci “mentiu” em depoimento ao juiz Sérgio Moro. “Eu vi o Palocci mentir aqui”, afirmou. Lula chamou o ex-ministro de “calculista e frio” e disse que Palocci só citou seu nome para reduzir alguns anos de condenação. “Fiquei com pena disso”. Na ação, Lula é acusado de receber propina da empreiteira Odebrecht por meio da compra de um terreno para a nova sede do Instituto Lula e de um apartamento vizinho ao que mora em São Bernardo do Campo (SP). Palocci foi interrogado por Moro nesta mesma ação na semana passada e afirmou que Lula tinha um “pacto de sangue” com o dono da empreiteira Odebrecht, que incluia um “pacote de propinas” para o ex-presidente no valor de R$ 300 milhões. Em seu depoimento, que durou 2h10, Lula afirmou que a delação de Palocci é focada nele numa tentativa de redução de pena. “Palocci tem o direito de querer ser livre, tem o direito de querer ficar com um pouco do dinheiro que ele ganhou fazendo palestra, ele tem família, tudo isso eu acho. O que não pode é, se você não quer assumir a tua responsabilidade pelos fatos ilícitos que você fez, não jogue em cima dos outros”, afirmou.
*Informações do G1

Com investimentos de R$ 120 milhões, empresa de pás eólicas vai gerar quatro mil empregos na Bahia

Os ventos sopram da Bahia para o mundo. As pás da Tecsis giram atrás de novos mercados internacionais na América do Sul, Estados Unidos e Europa. Após a confirmação dos dois leilões de reserva recentemente anunciados, e também na estratégia de preços agressivos e competitivos para o mercado internacional, a empresa vê um cenário positivo à sua frente, que pode possibilitar dobrar o número de funcionários, de mil para dois, fortalecendo ainda mais a cadeia produtiva do setor de energia eólica e aumentando. em até quatro mil, o número de empregos. Instalada no ano passado, em Camaçari, a fábrica deve passar dos três para oito moldes em 2020.
“Na Bahia, encontramos ambiente seguro para ampliar os negócios. Temos o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado [SDE] e a boa notícia de retomada dos leilões a partir do segundo semestre deste ano, bem como nosso esforço interno de garantir, cada vez mais, preços competitivos para o mercado internacional, gera a expectativa de expansão da nossa capacidade instalada”, diz o executivo jurídico e de recursos humanos da Tecsis, Eduardo Castro. Com a ampliação da capacidade instalada de pás para geração de energia eólica, o estado dispara na capacidade de fornecer os macrocomponentes para gerar uma energia limpa e sustentável. “Desenvolvimento Econômico se faz com sustentabilidade e preocupação com o meio ambiente. Temos todos os fatores a nosso favor.
Os melhores ventos constantes, sem rajadas; as melhores fábricas e os melhores trabalhadores que um estado pode ter”, explica secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner. A planta industrial com investimentos de cerca de R$ 120 milhões pode chegar a gerar até quatro mil empregos diretos, quando estiver operando com sua capacidade total, sem contar com a ampliação física das instalações (também já projetada) que poderá fazer dobrar este número de postos. A Bahia é líder no volume de projetos comercializados (31%) no País. Possui 241 projetos, destes 187 comercializados no mercado regulado e 54 projetos no mercado livre. Essa expansão eólica traz benefícios a 23 municípios, principalmente ao semiárido. O estado produz aerogeradores, como pás, nacele, hub e torre.

Lula E Moro Ficam Frente A Frente Outra Vez Nesta Quarta-Feira (13)

Nesta quarta-feira (13), Moro e Lula vão ficar frente a frente outra vez, apenas uma semana depois do interrogatório do ex-ministro Antônio Palocci, que entregou o ex-presidente em um milionário esquema de propinas.

O juiz da operação Lava Jato vai interrogar Lula na ação penal em que ele é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro supostamente recebido da Odebrecht para compra de um terreno destinado a abrigar a sede do Instituto Lula e de um apartamento vizinho ao que o petista reside em São Bernardo do Campo. 


“Partido da favela” pede registro ao Tribunal Superior Eleitoral

"Partido da favela" pede registro ao Tribunal Superior Eleitoral

Celso Athayde, 54, chegou à recepção do escritório de uma agência de publicidade onde teria uma reunião. Negro, foi instruído a ir à sala ao lado -a recepcionista achou que ele estivesse lá para fazer uma entrega. O tema do encontro na agência era justamente a ocupação de espaços de poder por negros, especificamente, no Congresso Nacional.   Nesta quarta-feira (30), o partido que Athayde ajudou a fundar com esse propósito, o Frente Favela Brasil, terá seu pedido de registro oficializado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A  ideia é mobilizar negros e moradores de favela em defesa dos seus interesses, nos moldes do que fazem as bancadas evangélica e ruralista.  Negros e pardos são 54% dos brasileiros. Cerca de 6% da nação mora em favelas. No entanto, apenas dois em cada dez deputados federais eleitos em 2014 se consideram pretos ou pardos.Se for autorizado, o Frente será o 36º partido brasileiro. Athayde acha que a criação de um novo partido se faz necessária porque a estrutura atual não dá conta de defender essa parcela da população.

“O DEM tem um grupo de negro, o PMDB também tem, o PSDB tem o Tucanafro, o PT tem o MMU, o PC do B também tem. É o que temos para hoje, mas não é suficiente. Se fosse, o DEM não estaria com uma ação no STF que contesta a desapropriação de áreas particulares em favor de comunidades quilombolas, por exemplo.”  Se o partido tiver o registro aprovado pela Justiça Eleitoral, passará à etapa seguinte, a de coleta de assinaturas. Pela lei, precisa colher um mínimo de 487 mil assinaturas, ou 0,5% dos votos válidos na última eleição. Para alcançar a meta, a ideia é usar redes sociais e a fama de alguns de seus membros e entusiastas, como Lázaro Ramos, MV Bill, Mano Brown e Sandra de Sá. Athayde diz que conseguirá cerca de 5 milhões de assinaturas.

Eleições 2018

O partido ainda não decidiu se terá candidatos em 2018, nem quem seriam. Bill e Brown estão entre os que Athayde gostaria de lançar, mas ainda não foram convencidos.  Athayde diz que ainda é cedo para falar de demandas específicas que o Frente vai defender. “A gente levanta voo e depois constrói o avião.” No entanto, no programa estão temas associados a causas tradicionais da esquerda.  “A primeira coisa é ocuparmos o espaço de poder. Muito se fala na causa dos negros, mas na hora em que as decisões são tomadas, os negros não estão lá”, diz a copresidente do partido, Patricia Alencar, 37, que vive no morro do Papagaio, favela em Belo Horizonte.  O que há de concreto é que candidatos e lideranças terão de ser representativos dessa população -negros ou de favelas-, será obrigatório ter paridade de gênero nas lideranças locais -sempre haverá um homem e uma mulher nesses cargos- e os eleitos terão de doar 50% dos seus salários para um fundo dedicado a projetos nas favelas.  Produtor cultural, Athayde cresceu nas favelas do Rio e fundou a Cufa (Central Única de Favelas), ONG que promove atividades de educação, lazer, esportes e cultura em lugares pobres. Também é sócio do Favela Holding, conjunto de empresas que atuam nesses territórios. Foi o principal responsável por botar o partido de pé, mas diz que, a partir de agora, acompanhará de fora, como uma espécie de conselheiro. “Não tenho vocação pra isso e quero evitar conflito de interesse. Minha contribuição é na área empresarial.”  Se aprovado, o Frente Favela Brasil se somará aos 56 novos partidos que já se registraram na corte e agora trabalham para conseguir as assinaturas.  “Mesmo se o partido não der certo já terá cumprido o papel de chamar a atenção para esse problema e fazer as pessoas discutirem. Não é só um partido, é um movimento”, diz Athayde.