Campeonato Intermunicipal: Restam 15 vagas da segunda fase

 

Após o desfecho da quinta rodada, realizada neste domingo (9), 33 seleções já estão garantidas na segunda fase do Campeonato Intermunicipal 2018. Para a derradeira jornada da etapa inicial, marcada para o próximo domingo (16), 15 vagas estão em abertas. Euclides da Cunha, Cipó, Valente, Campo Formoso, São Domingos, Conceição do Coité, Retirolândia, Itaberaba, Morro do Chapéu, Conceição da Feira, Santo Amaro, Cachoeira, Saubara, Maragojipe, Ubaitaba, Santo Antônio de Jesus, Valença, Itajuípe, Uruçuca, Ubatã, Brumado, Paratinga, Itambé, Itororó, Vitória da Conquista, Arataca, Itapé, Ibicaraí, Itapetinga, Eunápolis, Pau Brasil, Itamaraju e Porto Seguro seguem na briga pelo título e já estão garantidas no primeiro mata-mata. Dos 16 grupos, seis já tem o trio de classificados. No Grupo 2, Valente, Campo Formoso e São Domingos já estão garantidos na segunda fase. No 7, Cachoeira, Saubara e Maragojipe também estão classificados. No 9, Ubaitaba, Santo Antônio de Jesus e Valença já confirmaram suas presenças.

No 10, Itajuípe, Uruçuca e Ubatã seguem na competição. No 12, Itambé, Itororó e Vitória da Conquista passaram de  fase. E no 15, Itapetinga, Eunápolis e Pau Brasil completam as chaves que já estão definidas. A disputa está bastante acirrada no Grupo 8 e até agora nenhum dos seus componentes garantiu vaga na segunda fase do Intermunicipal. Ubaíra, Ipiaú, Jaguaquara e Ibirapitanga vão definir as três vagas da chave somente na última rodada. Se por um lado, 33 equipes festejam a classificação antecipada, cinco seleção já deram adeus ao Intermunicipal deste ano. Sapeaçu, Ituberá, Itabuna, Barra do Choça e Macarani vão apenas cumprir tabela.


Carpegiani enaltece atuação do time e revela desejo de contar com Jhemerson na equipe principal

Carpegiani enaltece atuação do time e revela desejo de contar com Jhemerson na equipe principal

Maurícia da Matta/ECV

Neste domingo, o Vitória bateu o Vasco e deu uma respirada na briga contra o rebaixamento. Com o triunfo por 1 a 0, no Barradão, o Leão chegou aos 29 pontos, cinco a mais que o Sport, primeiro time do Z-4. Após a partida, o técnico Paulo Cézar Carpegiani, elogiou a atuação da equipe. Para o treinador, os jogadores mostraram segurança e maturidade no jogo de hoje. “Minha zaga estava acertando, estava excelente, quatro jogos, está bem. É uma equipe que joga, sai de trás jogando, tocando, mesmo na dificuldade. Hoje estou sereno, bastante tranquilo, contente. Falei parta eles isso. Até dei folga amanhã. Tenho um defeito, sou muito perfeccionista. E pela primeira vez me sinto satisfeito desde que estou aqui no Vitória. Primeira vez que vi a equipe praticando um grande futebol”. Carpegiani, no entanto, revelou que o atacante Neilton precisa evoluir e ter mais agilidade. O atacante foi substituído no segundo tempo e deixou o gramado vaiado. “Conversei com ele no intervalo. Tanto ele quanto o Erick. Tinham determinadas jogadas que estavam prendendo muito e situações que tinham que tocar mais rápido. A grande jogada é quando estão de frente e eles têm que escolher esse momento. Não quero comentar jogador que sai e que entra”. O comandante aproveitou a situação para criticar a postura do time nos últimos minutos. “Tentamos aguentar o resultado, o que eu não gosto. Isso são coisas de amadurecimento da equipe. Muitas vezes a gente paga com uma derrota ou um empate. Não foi o caso hoje. Tem que servir de lição”. Carpegiani também fez uma analise da estreia do lateral-esquerdo Fabiano. Para ele, o atleta foi um dos destaques positivos da partida. “Acho que isso são coisas natas. Ele entrou, ganhou dos companheiros, jogador firme na marcação, deve ter um potencial, inteligente, firme, veio pra colaborar com a gente.Estou muito tranquilo. Tinha uma preocupação muito grande e foi um dos grandes jogadores do jogo, assim como o zagueiro. Se sobressai Fabiano, o volante [Léo Gomes] e o zagueiro [Lucas Ribeiro]”. Para finalizar, o técnico falou sobre uma possível chance para Jhemerson no time principal. Atualmente o jogador está no Sub-23. “Eu tenho um menino lá em baixo que estou louco para subir, o Jhemerson. Eu acho que vai ser um dos grandes jogadores do Vitória”. Com o resultado, o Leão ocupa a 12ª posição na tabela, com 29 pontos, enquanto o time carioca tem 24 e ocupa a 16ª colocação. Agora, o rubro-negro volta a jogar no próximo sábado, contra o Ceará, no Castelão. Erick e Lucas Ribeiro, suspensos, desfalcam o time. (BNews)


Mãe narra jogo entre Palmeiras e Corinthians para filho deficiente visual; veja vídeo

Mãe narra jogo entre Palmeiras e Corinthians para filho deficiente visual; veja vídeo

O Palmeiras venceu o Dérbi contra o Corinthians por 1 a 0 neste domingo (9), pela 24ª rodada do Brasileirão. Entretanto, a cena que marcou a partida aconteceu na arquibancada do Allianz Parque. Palmeirenses, uma mãe narra os lances para o filho deficiente visual. Nicolas, 11, tem apenas 10% da visão. A mãe dele, Silvia Grecco, afirmou ao jornalista Marco Aurélio Souza, do SporTV, que o estádio do clube Alviverde é o lugar em que o menino mais se sente feliz no mundo.

Assista abaixo:


Após empate fora de casa seleção de Valença garante classificação pra próxima fase do intermunicipal 2018 .

A seleção de Santo Antônio de Jesus jogou em casa, no Estádio José Trindade Lobo, a seleção de Valença, a visitante, conseguiu arrancar um empate em 0 a 0, na tarde deste domingo (09), em um jogo frio, na partida válida pela 5ª rodada do Intermunicipal de Futebol. Na classificação do Grupo 9, Santo Antônio cai para 2ª colocação, com 10 pontos; Ubaitaba aparece em primeira posição com 12 pontos. Valença em 3º aparece com 7 pontos e na última posição Ituberá sem nenhum conquistado até aqui. No próximo domingo (16), a seleção de Santo Antônio de Jesus volta a jogar, desta vez, fora de casa no Estádio Municipal de Ubaitaba. Já Valença enfrenta Ituberá em casa, no Estádio Antônio Sereia. Todos os jogos estão marcados para 15h (horário de Brasília).

Após derrota para o São Paulo, lateral do Bahia questiona decisão da arbitragem: “Qual é o critério?”

Após derrota para o São Paulo, lateral do Bahia questiona decisão da arbitragem: "Qual é o critério?"

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Na noite do último sábado (08) o Bahia foi até o Morumbi e acabou sendo derrotado pela equipe do São Paulo, por 1 a 0. Além do resultado negativo, outra situação deixou os atletas tricolores na bronca: a arbitragem. Após a partida, o lateral-esquerdo Léo questionou o fato do árbitro ter encerrado o duelo no momento em que o Bahia teria um escanteio a seu favor. “Se fosse o contrário, ele ia deixar bater o escanteio. Teve falta no Élber e ele não deu. A mesma falta no Diego, que forçou, ele deu. Qual é o critério? Eu não consigo entender”, disse o jogador do Esquadrão em entrevista à Rádio Metrópole. Com essa derrota o tricolor seguiu com 28 pontos ocupando a 11ª posição, mas ainda pode ser ultrapassado a depender dos resultados dos jogos deste domingo. Agora o técnico Enderson Moreira terá uma semana para preparar a sua equipe para o próximo desafio, que será contra a equipe do Palmeiras, às 16h do próximo domingo (16), na Arena Fonte Nova. (Bocão News)


Vaiado por lance com Salah, Sergio Ramos diz que família recebeu ameaças de morte

Vaiado por lance com Salah, Sergio Ramos diz que família recebeu ameaças de morte

Apesar do triunfo fora de casa por 2 a 1 diante da Inglaterra, neste sábado (8), em Wembley, pela estreia da Liga das Nações da Uefa, o zagueiro Sergio Ramos teve que comentar as vaias recebidas durante o confronto. O espanhol foi muito vaiado pelos ingleses por conta do lance em que lesionou Salah, do Liverpool, na final da Liga dos Campeões. “Gostaria de ser recebido de outra forma. Lembram de um lance da final (da Champions League), mas não lembram das ameaças de morte que minha família e meus filhos receberam”, lamentou o zagueiro após a partida, segundo o GloboEsporte.com. Na final da Liga, quando a partida entre Real Madrid e Liverpool ainda estava empatada sem gols, Ramos disputou bola com o egípcio em lance polêmico. O camisa 11 do clube inglês caiu por cima do ombro, o que o tirou do jogo, que acabou com o triunfo por 3 a 1 dos espanhóis.


Vitória mantém promoção com ingressos a R$ 10 para jogo contra o Vasco

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Vitória encara o Vasco, domingo (9), às 19h, no Barradão. E para o confronto a diretoria decidiu manter a promoção do jogo anterior. Exclusivamente na quarta-feira (5), apenas nas  bilheterias do Estádio Manoel Barradas, 3.500 ingressos de arquibancada serão comercializados pelo valor de R$ 10. As vendas iniciam às 10h e encerram às 18h, ou até carga ser esgotada.  Depois do término dos tickets promocionais,  a arquibancada voltará a custar R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Já a cadeira segue com o mesmo preço: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia). Antes de pegar o Vasco, o Leão tem um compromisso contra o Fluminense, quinta (6), às 19h, no Maracanã. Com 25 pontos, o time comandado pelo técnico Paulo Cézar Carpegiani ocupa a 13ª posição.

*BN


Em jogo com poucas emoções, Vitória empata com o Fluminense

(Mailson Santana / Fluminense FC)

Há duas maneiras de ver o resultado desta quinta-feira (6) do Vitória. Pelo lado negativo, o Fluminense era um adversário direto e não vinha de um bom momento, tornando o duelo ‘acessível’ ao Leão. Pelo lado positivo – e é a este o que o torcedor precisa se apegar –, o rubro-negro poderia ter saído do Maracanã com um resultado muito pior do que o empate em 0x0.

Numa estratégia estranha, o Leão buscou o contra-ataque desde o apito inicial, mas nada acertou. Ficou quase todos os 90 minutos na defesa, se protegendo como podia.

O lado bom é que – tirando uma bola na trave logo no começo do jogo – o Fluminense praticamente não agrediu. E o Vitória pode se orgulhar de ter completado três jogos seguidos sem sofrer gol pela primeira vez nesta Série A.

Com o ponto importante, o Vitória fica em 14º, com 26 pontos, três à frente da zona de rebaixamento. No domingo (9), às 19h, pega outro rival direto, o Vasco, no Barradão.

O jogo
Carpegiani escalou quatro zagueiros de origem. Lucas Ribeiro e Aderllan ficaram nas suas posições e Bruno Bispo deu sequência na lateral esquerda – onde havia jogado contra o América-MG. Ramon, por sua vez, voltou a atuar como volante.

No meio-campo, mas dois volantes, Léo Gomes e Rodrigo Andrade. Sem qualquer peça capaz de fazer o papel de meia, o objetivo era claro: buscar o contra-ataque com os três velozes da frente. O problema é que a jogada não saiu. E o Vitória ficou no lucro no primeiro tempo.

A única chance que o Leão arranjou veio aos 13 minutos. Bruno cruzou da esquerda na área, Ayrton Lucas falhou e a bola ficou com Rodrigo Andrade, na cara do gol. Júlio César fez uma linda defesa.

Fora isso, só deu Fluminense. Aos 11, a zaga do Leão deu espaço e Everaldo chutou no travessão. Aos 22, Matheus chutou da direita e Ronaldo fez linda defesa. E aos 40, Ayrton Lucas passou por quatro e chutou para fora.

A agonia seguiu na etapa final. A bola continuou a maior parte do tempo com o Fluminense. A diferença é que o Vitória, desta vez, marcou melhor. Recuou o time inteiro e passou a ‘cozinhar’ o jogo.

Em meia hora, o Flu teve só uma chance mais clara. Aos 12, Kayke lançou Léo na direita, que chutou cruzado buscando algum desvio. O atacante foi o último a tentar alcançar a bola, no segundo pau, sem sucesso.

O problema de ‘cozinhar’ o jogo é que, se o Flu não criou tanto perigo, o Vitória, então, não deu um chute na direção do gol sequer. E teve que observar os 15 minutos finais com algum sofrimento.

Aos 40, Marcos Júnior cobrou falta na área e Júnior Dutra cabeceou. Por sorte, a redonda passou raspando a trave de Ronaldo. E foi só.

*Correio


Seleção Brasileira faz o primeiro jogo após a Copa contra os EUA

Seleção Brasileira faz o primeiro jogo após a Copa contra os EUA

Foto : Lucas Figueiredo – CBF

A Seleção Brasileira faz amanhã (7) o primeiro jogo amistoso após a Copa do Mundo da Rússia. O time do Brasil vai enfrentar a seleção norte-americana, no Estádio MetLife, em Nova Jérsei, às 20h05 (21h05 de Brasília). O treinador Tite manteve a base da seleção que jogou na Copa, como o goleiro Alisson, o zagueiro Thiago Silva, o volante Casemiro, o lateral-esquerdo Filipe Luís, o meio-campista Philippe Coutinho e os atacantes Douglas Costa, Roberto Firmino e Neymar. A equipe apresentará também caras novas, como o volante Arthur, o lateral-direito Éder Militão, o zagueiro Dedé, o meio-campista Lucas Paquetá e os atacantes Richarlisson e Éverton. Ontem (5), Tite aproveitou o treinamento, na Arena Red Bull, para comandar um trabalho tático em campo reduzido. Depois orientou os jogadores no treino específico de bolas paradas. Após a partida de amanhã (7), a seleção vai viajar para Washington D.C., onde vai enfrentar El Salvador, no dia 11 de setembro. (M1)


Mundial de surfe decide equiparar premiação entre homens e mulheres em 2019

Mundial de surfe decide equiparar premiação entre homens e mulheres em 2019

Foto: Reprodução / WSL

A World Surf League (WSL), organizadora do Circuito Mundial de Surfe, anunciou nesta quarta-feira (5) que homens e mulheres receberão o mesmo valor de premiação em torneios sob a chancela da entidade a partir de 2019. A equiparação financeira por resultados era uma das reivindicações das atletas para diminuir a desigualdade de tratamento entre gêneros, situação ainda recorrente em grandes eventos esportivos. “Estamos orgulhosos em anunciar que, em 2019, a equiparação da premiação em dinheiro entre homens e mulheres será contemplada em todos os eventos controlados pela WSL”, informou a liga em seus perfis nas redes sociais. Levando em consideração apenas a divisão de elite mundial, o brasileiro Gabriel Medina faturou US$ 100 mil (R$ 414 mil) pela conquista do título da etapa do Taiti, em agosto. Em torneio da mesma graduação, a norte-americana Courtney Conlogue embolsou US$ 65 mil (R$ 269,1 milhões) após vencer a final em Huntington Beach, na Califórnia, no mesmo mês. “Esta é a mais recente de uma série de ações que a Liga se comprometeu trabalhar para nossas atletas do sexo feminino, desde competir na mesma qualidade de ondas que os homens, até melhores locações e mais apoio e investimento no surfe feminino”, afirmou Sophie Goldschmidt, CEO da WSL. Competições de outras modalidades, como a Liga das Nações de Vôlei, recentemente adotaram a equiparação financeira dos torneios masculino e feminino. No tênis, em que a discussão sobre a igualdade de gênero é frequente, Grand Slams como Wimbledon e Roland Garros igualaram premiações há dez anos, embora haja distorção de valores em eventos de menor porte. (BN)

World Surf League

@wsl

We are pleased to announce that from 2019, equal prize money will be awarded to male and female athletes across all WSL controlled events. The WSL is proud to be the first American-based global sports league to offer gender pay equality.