MPF pede prisão preventiva de Nuzman; dirigente está detido desde a quinta-feira

MPF pede prisão preventiva de Nuzman; dirigente está detido desde a quinta-feira

O prazo da prisão temporária do presidente afastado do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, se encerra nesta segunda-feira (9). Com isso, o Ministério Público Federal (MPF) pediu a prisão preventiva, para que o dirigente fique mais tempo na cadeira. Caso convertida, a prisão se dará por tempo indeterminado. O pedido será analisado pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. Nuzman está preso desde a última quinta-feira (5). Os procuradores da força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro também pediram a prorrogação da prisão do ex-diretor do COB e do Comitê Rio 16, Leonardo Gryner, braço direito de Nuzman. Ele também foi preso na operação Unfair Play.


“Cinquentinhas” devem ser emplacadas até 17 de outubro, alerta Detran

“Cinquentinhas” devem ser emplacadas até 17 de outubro, alerta Detran

Os proprietários de ciclomotores de 50 cilindradas, conhecidos como “cinquentinhas”, fabricados antes de 31 de julho de 2015, devem emplacar os veículos no Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) até o próximo dia 17. A medida está prevista na lei federal 13.154, que estabelece o registro obrigatório do ciclomotor junto aos Detrans. A resolução 555, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), regulamentou o serviço e estabeleceu o prazo que termina em nove dias. As motos vão passar a constar na Base de Índice Nacional (BIN), onde ficam cadastrados os dados de todos os veículos que circulam no país. As “cinquentinhas” fabricadas em outros períodos começaram a ser comercializadas já cadastradas.  Para emplacar a moto, o proprietário deve se dirigir a uma das unidades do Detran, portando a nota fiscal do veículo, original e cópia autenticada do documento de identificação e CPF. O serviço gera as seguintes taxas: primeiro emplacamento (R$ 207), placa (entre R$ 95 e R$ 104), selagem (R$ 42,40) e seguro DPVAT (R$ 86,38). Caso não haja código específico da marca, modelo ou versão, a “cinquentinha” deverá passar por vistoria.  O diretor de Veículos do Detran, Igor Brandão, alerta para as punições previstas no caso do não cumprimento da lei. “Quem for flagrado pilotando ciclomotor sem o devido emplacamento estará cometendo infração gravíssima, com sete pontos na carteira, remoção do veículo e multa de R$ 293,47”, explica. Para dirigir motos de 50 cilindradas é preciso ter a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) ou habilitação categoria A.


Herdeiros podem sacar PIS/Pasep de cotistas falecidos em qualquer data

Foto: Reprodução
Herdeiros de cotistas falecidos do fundo PIS/Pasep podem sacar o benefício em qualquer data, sem necessidade de seguir o calendário para idosos, antecipado pelo governo. No caso do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), administrado pelo Banco do Brasil, o beneficiário legal pode consultar a existência de saldo disponível para saque no endereço eletrônico. Para isso, é preciso ter o número do CPF e a data de nascimento do cotista ou inscrição Pasep. A consulta sobre a existência de saldo de cotas do PIS também pode ser feita pela internet. Mas é preciso ter senha para a consulta, além do número do CPF ou Número de Identificação Social (NIS) e data de nascimento. Para efetuar o levantamento dos recursos do Pasep, os herdeiros devem comparecer a uma agência do Banco do Brasil (BB) e solicitar o saque.

Estado publica resultado final do concurso da PM e bombeiros neste sábado

Estado publica resultado final do concurso da PM e bombeiros neste sábado

Serão divulgados neste sábado (7) o resultado final e a homologação do concurso público para provimento de vagas dos quadros de pessoal da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. A publicação estará disponível no Diário Oficial do Estado (DOE), no site da organizadora do certame, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (www.ibfc.org.br), e no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br).  De acordo com o edital de abertura de inscrições, lançado em maio deste ano, a seleção teve duas etapas: provas objetivas e prova discursiva. São considerados aprovados os candidatos que obtiveram pontuação e classificação mínima exigida pelo edital. Critérios de desempate irão considerar, na sequência, maior pontuação da prova de conhecimentos específicos; da disciplina de língua portuguesa; da prova discursiva; maior idade; e o exercício da função de jurado, de acordo com os termos de edital.  Após a publicação do resultado final, serão realizados os exames pré-admissionais, de caráter eliminatório. Os candidatos aprovados passarão por avaliação psicológica, exames médico-odontológicos, teste de aptidão física, exame de documentação e investigação social. Após rigorosa avaliação, aqueles que passarem por todas estas etapas estarão aptos a ingressarem no curso de formação, ingressando no Estado como aluno soldado e perfazendo bolsa de R$ 937 durante a formação.


Baianos podem fazer ligações locais e de longa distância gratuitamente em orelhões da Oi

Usuários de orelhões da Oi da Bahia e outros 14 estados brasileiros podem fazer ligações locais e de longa distância nacionais gratuitamente. Uma decisão, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) começou a valer neste domingo (1º) e segue em vigor até o dia 30 de março de 2018. Além da Bahia a gratuidade vale para telefones públicos de Alagoas, Amazonas, Amapá, Ceará, Espirito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Santa Catarina e Sergipe. Em uma fiscalização realizada em agosto de 2017, a Anatel verificou que nesses estados o nível de orelhões em condições de operação não atingiu os patamares estabelecidos pela agência reguladora. A disponibilidade dos orelhões deve ser de no mínimo 90% em todos os estados e de no mínimo 95% nas localidades atendidas somente por orelhões.

SAAE REALIZA SERVIÇO DE REFORMA NOS DECANTADORES DA ETA DE VALENÇA. INTERRUPÇÃO PROVISÓRIA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA.


Visando a melhoria na qualidade da água distribuída em toda cidade, o SAAE irá realizar a partir desta terça-feira dia 03 de outubro de 2017, serviços de reforma nos decantadores (Um dos processos de tratamento da água) da Estação de Tratamento de Valença, localizada no bairro Alto de São Roque.

Visando o bem estar de todos, o SAAE avisa a seus clientes residentes na cidade de Valença, que em razão desta intervenção, que será feita por etapas, será necessário a interrupção do abastecimento da água, das 19:00 horas do dia 03/10/2017 ás 04:00 horas da manhã do dia, 04/10/2017, e assim sucessivamente durante 15 dias corridos.

Deste modo, concluída a reforma, retomaremos regulamente o abastecimento de água na cidade.

O SAAE agradece a compreensão e lembra da importância de fazer reserva de água e de economizar.

SAAE promovendo a qualidade de vida através da saúde pública.

Publicado em 29/09/2017 15:00:01

 

Att,

Elisabete Carvalho
Secretaria SAAE Valença
(75) 8102-4111
(75) 3641-3641
Tudo posso Naquele que me fortalece. Filipenses 4:13

 


Candidata a vereadora mais jovem do Brasil tem mandato cassado.

Alice Pina (PMB), 18 anos de idade, candidata à Câmara Municipal de Jequié, obteve 901 votos, quantidade necessária não só para elegê-la no município do Médio Rio de Contas, mas que a colocaria como a mais jovem vereadora do Brasil eleita em 2016. Porém, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), ela não apresentou sua ficha de filiação ao partido em tempo hábil para a disputa eleitoral deste ano. O processo judicial N° 0000247-06.2016.6.05.0023 culminou na impugnação da candidatura de Alice, apesar de a candidata ser presidente do partido na cidade. Por conta disso, ela consta como inelegível e recorre através dos advogados da coligação “Renovar é preciso”, que a representam. Procurada , Alice Pina não quis falar sobre o processo, por, segundo ela, se tratar de “um assunto delicado”.


Mulher com “Barriga Gigante” será transferida para Salvador e aguardará transplante de fígado

Após compartilhamento nas redes sociais do vídeo em que a moradora do município de Igaporã, Daiane Maria de Oliveira, 28 anos de idade – a qual sofre com o crescimento exagerado da barriga há 3 anos – solicita tratamento, seu caso ganhou visibilidade e ela será encaminhada para o Hospital da Mulher Maria Luzia Costa dos Santos, no Largo de Roma, em Salvador. Segundo informações do site Sudoeste Bahia, ela foi diagnosticada com Cirrose Hepática de origem alcoólica e desde então era feito apenas um tratamento paliativo, com a retirada de grandes quantidades de líquido ascético (responsável por lubrificar a cavidade abdominal) da barriga. Na capital do estado, a jovem será submetida a um transplante de fígado. No entanto, ela aguardará na fila de transplante e será acompanhada por um hepatologista.

STF se mantêm a favor sobre aulas de religião em escolas públicas

Todos concordaram que o ensino religioso deve ser facultativo, não obrigatório.
Por 6 votos a 5, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quarta-feira que os professores de escolas públicas podem pregar suas crenças na sala de aula. Os ministros seguiram a posição de Alexandre de Moares. Para eles, o ensino pode ser “confessional” (com a vinculação de uma religião específica). Todos concordaram que o ensino religioso deve ser facultativo, não obrigatório. A ação foi impetrada pela PGR (Procuradoria-Geral da República) para discutir dispositivos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação sobre ensino religioso nas escolas públicas. Para a Procuradoria, o ensino religioso em escolas públicas só pode ser de “natureza não-confessional”, ou seja, sem vinculação a uma religião específica, com proibição de admissão de professores na qualidade de representantes das confissões religiosas. O artigo 210 da Constituição determina que “o ensino religioso, de matrícula facultativa, constituirá disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental”. O relator, Luís Roberto Barroso, foi voto vencido. Para ele, a interpretação que deveria ser dada ao texto é que “o ensino religioso ministrado em escolas públicas deve ser de matrícula efetivamente facultativa e ter caráter não confessional, vedada a admissão de professores na qualidade de representantes das religiões para ministrá-lo”.

Bahia tem maior número de desempregados do Brasil, são um milhão e 300 mil sem emprego

Taxa de desocupação alcança 18,6% da população do estado segundo o IBGE. Estudo apota que, em Salvador, desemprego recuou 2,3 pontos percentuais em um ano

No 1º trimestre de 2017, a taxa de desocupação na Bahia ficou em 18,6%, maior que a verificada no 4º trimestre de 2016 (16,6%) e acima também da taxa do 1º trimestre de 2016 (15,5%). A taxa de desocupação baiana foi a maior para o estado desde o início da série histórica da PNAD Contínua, em 2012. Foi, ainda, a mais elevada dentre as 27 unidades da Federação, superando por pouco o Amapá (18,5%), que tinha a pior taxa no último trimestre do ano passado. Na média, a taxa de desocupação do país foi de 13,7% no 1º trimestre deste ano.

Salvador, capital e mais importante cidade do estado, teve taxa de desocupação de 15,3% no 1º trimestre de 2017, mantendo movimento de queda verificado desde o 2º trimestre de 2016 (quando a taxa havia sido de 17,6%). Com esse resultado, o município de Salvador deixa uma das primeiras colocações do ranking da desocupação e passa à 8ª posição entre as capitais.

A região metropolitana de Salvador, com taxa de desocupação de 18,3% no 1º trimestre deste ano, também apresentou melhora em relação ao 4º trimestre de 2016 (19,1%) e praticamente repetiu o desempenho do 1º trimestre de 2016 (18,4%). Assim, deixou de ter a 2ª maior taxa entre as regiões metropolitanas, passando ao 4º lugar.

Na Bahia, a taxa de desocupação (18,3%) foi resultado da redução de 175 mil pessoas (-2,9%) na população ocupada (trabalhando), estimada em 5,9 milhões de pessoas, no 1º trimestre. Em relação ao mesmo período de 2016, a perda de postos de trabalho foi ainda maior: – 306 mil pessoas (-4,9%).

Além disso, a população desocupada (que não estava trabalhando e procurava trabalho) aumentou tanto em relação ao 4º trimestre de 2016 (+132 mil pessoas, um crescimento de 10,9%), quanto frente ao 1º trimestre de 2016 (+204 mil pessoas na fila da desocupação, um aumento de 17,9%).

Salvador teve aumento de ocupados (cerca de 50 mil pessoas a mais trabalhando tanto frente ao 4º trimestre quanto frente ao 1º trimestre de 2016) e redução de desocupados nas duas comparações (-16 mil e -32 mil pessoas procurando respectivamente). Já a região metropolitana de Salvador apresentou aumento dos ocupados (+ 30 mil em relação ao 4º tri e + 4 mil frente ao 1º tri de 2016), redução dos desocupados frente ao fim do ano passado (-15 mil pessoas procurando trabalho) e um leve aumento (+2 mil), estatisticamente pouco significativo, em relação ao 1º trimestre de 2016.

Rendimento

No 1º trimestre, o rendimento real dos baianos (R$ 1.435) aumentou tanto em relação ao 4º trimestre (5,05%) quanto frente ao 1º trimestre de 2016 (2,87%). Também houve aumento do poder de compra na região metropolitana de Salvador (R$ 2.027), em ambas as comparações (1,60% no trimestre e 4,34% no ano).

Já no município de Salvador, a queda na desocupação e aumento da ocupação não foram acompanhados de aumento de rendimento médio. Estimado em R$ 2.160 no primeiro trimestre, ele ficou 1,10% menor que o registrado no 4º trimestre e 6,86% menor que o verificado no 1º trimestre de 2016.

Carteira assinada

No 1º trimestre, na Bahia, os empregados no setor privado com carteira de trabalho assinada (exceto empregados domésticos) somavam 1,570 milhões de pessoas, um contingente 7,1% menor que o verificado no mesmo período de 2016 (-120 mil pessoas com carteira assinada), mas estatisticamente estável em relação ao do 4º trimestre do ano passado, quando havia 1,599 milhões de pessoas trabalhando com carteira.

Por outro lado, 905 mil pessoas eram empregadas no setor privado sem carteira assinada no 1º trimestre deste ano, na Bahia, 10,0% menos que o verificado no 4º trimestre de 2016 (-101 mil pessoas empregadas sem carteira) e estatisticamente estável em relação ao mesmo trimestre do ano passado (quando havia 952 mil empregados sem carteira no estado).

Comércio

Apesar da redução no número de ocupados em geral em relação ao 4º trimestre de 2016 (-175 mil pessoas), quatro dos dez grupamentos de atividade investigados na Bahia registraram aumentos nos contingentes de ocupados: Informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (+28 mil pessoas ocupadas); Administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (+23 mil); Alojamento e alimentação (+22 mil); e Indústria geral (+5 mil).

Por outro lado, a atividade que mais perdeu postos frente ao fim do ano passado foi a de Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (-103 mil pessoas), seguida pelos Serviços domésticos (-31 mil ocupados).

Com informações do IBGE.