Câmara pode barrar pedido de empréstimo de R$ 10 milhões feito pelo prefeito de Gandu

A possibilidade de barrar os Projetos de Lei 05/2018 e 06/2018 foi revelada na tarde desta quinta-feira, (06), após reunião entre a Comissão que analisa o caso e o jurídico da casa. Durante revisões feitas pelas partes, foram encontrados alguns pontos que os vereadores chamaram de erros “infantis”, tais quais impedem as aprovações dos mesmos.
Entre as principais observações constata-se a ausência dos locais onde o dinheiro seria investido, valor da obra, início e prazo de conclusão. Além disso, outro detalhe é que não há especificação dos valores de juros e por quantos anos o município ficará pagando o empréstimo.
O Diário Paralelo entrou em contato com um dos integrantes da comissão e, segundo ele, é pouco provável que o PL seja aprovado. “Precisa ser revisado. Se aprovado como está, a Câmara estará dando um cheque em branco a prefeitura. O projeto cita o empréstimo de R$ 10 milhões, mas, ao final de tudo, a dívida municipal chegará ao dobro”, disse. (Diário Paralelo)

Comentários fechados.

Notícias Relacionadas