Ação de criminosos deixa moradores do Guaibim em pânico.

Foto ilustrativa

Moradores da praia de Guaibim situada no município de Valença na região baixo sul do estado da Bahia viveram momentos de pânico na noite da ultima segunda feira 10/09 , a paradisíaca praia teve seu clima de paz e silencio quebrada após elementos ainda não identificados em possivelmente um acerto de contas em disputa pelo ponto de trafico de drogas efetuarem vários disparos de arma de fogo em via publica.

Populares usaram as redes sociais para pedirem socorro a policia e providencias aos governantes, nativos informaram que a ação criminosa teve inicio nas imediações do cemitério e os disparos foram ouvidos em vários pontos do distrito. A policia efetuou rondas no local mais ate o fechamento desta matéria ninguém havia sido preso e a policia ainda não divulgou maiores detalhes sobre as investigações acerca deste episodio.

Vale lembrar que o distrito de Guaibim conta hoje com um posto da policia militar e efetivo policial com  rodas constantes o que reduziu bastante os casos de arrombamentos em residências e prédios públicos na localidade o setor de inteligência da policia civil e da policia militar trabalha em parceria afim de combater a criminalidade e esperam continuar contando com o apoio da população efetuando suas denuncias através da denuncia anônima pelo telefone 75.3641 8750 / 3641 8744  / 190 ou 181 os comandos das  policias informam que ao efetuarem suas denuncias não precisam se identificarem .

 


MPE contesta 223 candidaturas na Bahia; 7 são por não ter ficha limpa

A Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia contestou o registro de 223 candidaturas no estado. Do total, foram 14 ações de impugnação e 219 pronunciamentos pelo indeferimento de pedidos de registros de candidatura para diversos cargos nas eleições de 2018. Os questionamentos foram remetidos para o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA).
Das ações de impugnação, sete abordam situações de inelegibilidade previstas na Lei da Ficha Limpa. Os demais casos envolvem o não preenchimento de condições de elegibilidade e registrabilidade, em especial: ausência de prova da escolaridade (5), ausência de prova de desincompatibilização (21), ausência de prova de filiação partidária válida (27), ausência de prova de quitação eleitoral (43), ausência de certidões judiciais ou certidões positivas não circunstanciadas (47), outros (83).
O Ministério Público Eleitoral analisou 1.180 requerimentos de registros de candidaturas desde 15 de agosto. Até o último levantamento, em 4 de setembro, o TRE-BA já havia julgado 1.101 requerimentos, indeferindo 154 registros de candidatura. Desde o início do período eleitoral, o MP Eleitoral atuou em 2.171 processos envolvendo, além dos pedidos de registro e de habilitação dos partidos e coligações, representações e pedidos de direito de resposta relativos à propaganda eleitoral e recursos ordinariamente submetidos ao Tribunal.

Bolsonaro tem alta da UTI, diz boletim médico

Foto: Reprodução
O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), informou boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein na noite desta terça-feira (11). Ainda segundo o Hospital, ele passou para uma unidade de cuidados semi-intensivos. O boletim também afirma que foi iniciada “uma dieta leve, com boa tolerância do paciente sem apresentar náuseas ou vômitos”. Ele permanece sem febre e sem sinais de infecção, recebendo as medidas de prevenção de trombose venosa. Bolsonaro está internado desde sexta (7) no hospital na Zona Sul de São Paulo se recuperando de uma facada levada durante ato de campanha no Centro de Juiz de Fora (MG), na tarde de quinta (6). (G1)

Mais de 126 mil mesários devem trabalhar no 1º turno das eleições na Bahia

Mais de 120 mil baianos vão atuar como mesários no 1º turno
das eleições (Foto: Frank Cunha/G1 )
O 1º turno das eleições 2018 na Bahia vai contar com 126.004 mesários, distribuídos entre as 205 zonas eleitorais do estado. Desse total, 19.188 vão atuar em Salvador. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cerca de 50% do total de mesários são voluntários. Ainda não há previsão de quantas pessoas devem trabalhar no 2º turno. Os principais requisitos para ser mesário é estar em dia com a Justiça Federal e ter completado 18 anos até o 1º turno das eleições.
Parentes de candidatos de até segundo grau, bem como cônjuges, não podem exercer a função. Integrantes de diretórios de partidos políticos que exerçam função executiva e autoridades, e agentes policiais também não podem ser eleitos mesários. Preenchendo os requisitos, o interessado pode se voluntariar pelo programa “Mesário Voluntário”, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da sua cidade. No TRE-BA é possível fazer o processo pela internet. Para as eleições deste ano, os mesários foram convocados até 8 de agosto. Com base em uma portaria do TSE, publicada em fevereiro de 2017, cada um recebe um auxílio-alimentação por turno trabalhado. O valor é determinado por cada estado, obedecendo o teto máximo de R$ 35. O TRE-BA não soube informar o valor oferecido no estado. *Com informações do G1